Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 30-06-2022
    50 anos de profissão
    Cremesp homenageia médicos de Campinas, Jundiaí e Bragança Paulista
  • 30-06-2022
    Serviços
    Expansão de sistema tecnológico permitirá mais interação entre delegacias regionais
  • 28-06-2022
    Suspensão
    Laboratório anuncia recolhimento de lote do medicamento Solução Parenteral de Cloreto de Potássio
  • 27-06-2022
    50 ANOS DE EXERCÍCIO PROFISSIONAL
    Botucatu é sede de prestigiadas homenagens a médicos do Interior paulista
  • Notícias


    30-05-2022

    Harmonização Orofacial

    Cremesp repudia PL da Câmara Municipal de SP que estipula data comemorativa

    Tendo em vista a aprovação em primeiro turno, pela Câmara Municipal de São Paulo, de projeto de lei que estipula o dia 29 de janeiro como o Dia da Harmonização Facial no município – proposto pelo vereador Isac Félix (PL) –, o Cremesp vem manifestar repúdio à iniciativa, uma vez que se trata um ato que fere os princípios éticos e legais que regem a Medicina.

    Como o projeto ainda precisa passar por mais um turno de votação, o Conselho vem alertar a população, políticos e autoridades judiciais sobre a ilegalidade da iniciativa e o risco que ela pode representar aos profissionais e à saúde e à segurança dos pacientes.

    Curiosamente, a data sugerida como marco pelo vereador, para a realização do procedimento, faz referência a uma resolução do Conselho Federal de Odontologia (CFO), de 29 de janeiro de 2019, que havia reconhecido a harmonização facial como especialidade odontológica, contrariando o que determina o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Ato Médico.

    Após a resolução do CFO, foi publicada a Resolução CFM 2.272/2020, determinando que somente médicos podem realizar cirurgias na área craniomaxilofacial, o que inclui os procedimentos da Harmonização Orofacial. 

    E foi graças a uma intervenção do Cremesp – por meio de uma ação vitoriosa na Justiça contra o CFO – que este recuou em relação a sua resolução, editando nova normativa e acatando a decisão judicial favorável aos médicos. Entretanto, está em vigor uma liminar envolvendo a questão, mas o Cremesp está questionando a decisão na Justiça.

    Não é de hoje que o Cremesp vem denunciando continuamente o exercício ilegal da Medicina por profissionais não médicos, que desconsideram a exigência de habilidades exclusivas da Medicina para a realização dos procedimentos. E não levam em conta o risco de ocorrência de complicações imediatas ou tardias, impossibilitadas de serem tratadas por profissional não-médico.

    Como defensor da Medicina e da saúde da população, o Cremesp segue firme em defesa das prerrogativas médicas, mantendo rígidas as medidas institucionais e jurídicas, para que outros Conselhos adotem o caminho da legalidade e da prudência, visando sempre à segurança e ao bem-estar do paciente.  


    Este conteúdo teve 872 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2022 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 119 usuários on-line - 872
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior

    O CREMESP utiliza cookies, armazenados apenas em caráter temporário, a fim de obter estatísticas para aprimorar a experiência do usuário. A navegação no site implica concordância com esse procedimento, em linha com a Política de Cookies do CREMESP. Saiba mais em nossa Política de Privacidade e Proteção de Dados.